segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Jogos de A à ZELDA!

Continuando minha coluna sobre aqueles jogos que eu curto. Teoricamente a sequencia deveria ser em ordem alfabética, já que eu falei de Alice e Beyond Good and Evil. 
Nessas ultimas semanas eu ganhei alguns jogos de um amigo, e entre eles está um que realmente marcou minha infância e boa parte da minha adolescência. Devido à esse fato eu resolvi desconsiderar a ordem alfabética e abrir exceções!




Super Mario Bros. 2 - 1988

Senhoras e senhores, com vocês a "Estigma do Super Mario Bros. 2"!
Sim, Super Mario Bros. 2 foi um jogo que marcou o final da minha infância e boa parte da minha adolescência até o final. Na verdade eu ainda cheguei a joga-lo bastante até na faculdade!
Eu lembro que, sexta feira era aquele dia de correr pra locadora e torcer pra que os jogos bons ainda estivessem lá. Eis que em um desses dias eu me deparei com um tal de "Super Mario All Stars" para SNES. Essa pérola continha não só um, mas quatro jogos completos do Bigode e um desses jogos era o estranho Super Mario Bros. 2! A partir dai, quase todos os finais de semana eram revezados entre esse cartucho, Donkey Kong Country e Yoshi's Island!

Super Mario Bros. 2 é, curiosamente, uma das primeiras ROMs hacks oficiais feitas pela própria Nintendo. E sendo assim, carrega uma espécie de estigma.


Originalmente, o jogo que seria o "Super Mario Bros. 2" chegou pra nós como "Super Mario Lost Levels". Um joguinho do capeta, extremamente difícil e que eu só consegui zerar (acho) que em julho desse ano na versão "Delux" de Super Mario Bros. pra GBC. Que até então, só tinha saido do Japão na coletânea Super Mario All Stars. Tanto que, nosso Super Mario Bros. 2 é conhecido no Japão como "Super Mario USA" e o Super Mario Bros. 2 oficial de lá é o Super Mario Lost Levels.

 

E onde está o tal do "estigma"? Bom, se considerarmos que Super Mario 64 está para o original Super Mario Bros.; Então, Super Mario Sunshine está para Super Mario Bros. 2.
Ok, eu explico!

A importância histórica de Super Mario Bros. é inegável. Ele aprimorou o que hoje conhecemos como jogo "plataforma" com um toque de "aventura". Seu sucesso foi tão inovador que o legado do Bigode influência jogos de franquias que até Deus duvida!
O mesmo pode se dizer de Super Mario 64. A inovação da movimentação em terceira dimensão, transformou os video games e os gamers. 
Pensando assim, fica mais fácil comparar ambos. 
Seria natural que um jogo tão inovador como Super Mario Bros. recebesse uma sequencia também inovadora. Seria natural que a sequencia de Super Mario 64 fosse tão pioneira quanto seu antecessor. Mas a realidade de ambos foi totalmente diferente.
Minha opinião pessoal é que ambos os jogos, tanto Super Mario Bros. 2 quanto Super Mario Sunshine são jogos incompreendidos, que merecem uma chance, uma segunda chance, uma terceira chance, etc. Pois todos os elementos dos jogos do Bigode que adoramos estão lá, plataformas, inimigos, musicas marcantes, moedas, etc. Basta abrir a mente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário